Notícias
Você está na seção de Notícias da Central de Mídia. Aqui você encontra notícias e reportagens sobre a antidopagem no esporte e sobre as ações da ABCD

Paralimpíadas Escolares: ações de prevenção com mais de 700 jovens atletas

A Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) participou ativamente das Paralimpíadas Escolares 2016, evento que reuniu jovens de 12 a 17 anos no Centro Paralímpico Brasileiro, em São Paulo, entre os dias 23 e 25 de novembro. A ABCD, em parceria com o Comitê Paralímpico Brasileiro, efetivou ações de educação, informação e prevenção, por meio de explicações a cerca de 700 jovens atletas sobre a antidopagem.

O principal objetivo da participação da ABCD no evento foi difundir e reforçar a construção da cidadania e da ética no esporte, por meio de atividades educativas que ajudam a consolidar esses valores e conceitos. Veja algumas fotos das ações:

O evento

O evento teve competições em oito modalidades: atletismo, bocha, futebol de 7, goalball, judô, natação, tênis de mesa e tênis em cadeira de rodas. Em edições anteriores, as Paralimpíadas Escolares revelaram talentos esportivos e medalhistas nos Jogos Paralímpicos Rio 2016 como os velocistas Alan Fonteles e Petrúcio Ferreira, o craque do goalball Leomon Moreno e a saltadora Lorena Spoladore.

O local das competições, o Centro Paralímpico Brasileiro, tem instalações disponíveis para treinamentos de 15 modalidades: atletismo, basquete em cadeira de rodas, bocha, natação, esgrima em cadeira de rodas, futebol de 5, futebol de 7, goalball, halterofilismo, judô, rúgbi em cadeira de rodas, tênis de mesa, tênis em cadeira derodas, triatlo e vôlei sentado.

Foram investidos R$ 281,7 milhões para a construção do centro de treinamento, além de outros R$ 24 milhões em equipamentos. O governo federal financiou R$ 187 milhões desse valor, enquanto o governo de São Paulo contribuiu com R$ 118 milhões. Além da estrutura, o local conta com alojamento para cerca de 300 pessoas e áreas específicas para o desenvolvimento das ciências do esporte, com atuação interdisciplinar envolvendo medicina, fisioterapia, psicologia, fisiologia, biomecânica, nutrição e metodologia de treinamento.

O CT foi construído em uma área de cerca de 140 mil m², com aproximadamente 95 mil m² de área construída. As obras tiveram início em 2013 e foram concluídas em 2016, antes dos Jogos Rio 2016. A delegação brasileira chegou a treinar no local antes de disputar o megaevento.

Conheça o Centro Paralímpico Brasileiro:

Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem – ABCD
Setor de Indústrias Gráficas - SIG, Quadra 04, lote 83
Bloco C, 2º andar, sala 201
Condomínio Capital Financial Center
70610-440 - Brasília DF
Tel: +55 61 3429 6919
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

© 2014 Ministério do Esporte. Todos os direitos reservados.